SOBRE NÓS

A Ação de Recuperação Social - ARS, foi fundada em 30 de junho de 1994 por um grupo interessado em maiores avanços sociais e humanos. Sob liderança do jornalista José Rodrigues, a ARS teve a atuação dedicada e ininterrupta de seu fundador desde o modesto início, em instalações cedidas até a sede própria, em prédio de três pavimentos, onde hoje se encontra, no bairro do Saboó, em Santos, SP. A finalidade da intituição e da promoção social e humana, preferencialmente de crianças e adolescentes de famílias de baixa renda, por meio de apoio socioeducativo e atendimento social aos cadastrados em seus serviços.

Tem ainda, como foco estratégico, a proteção básica no domicílio a pessoas com deficência e idosas, visando a garantia dos direitos e melhoria na qualidade de vida destas pessoas.

É uma associação civil de direito privado sem fins lucrativos, que terá duração por tempo indeterminado. Não remunera nem concede vantagens ou benefícios direta ou indiretamente por qualquer forma ou título a seus diretores estatutários, conselheiros, associados, voluntários, instituidores, contribuintes ou equivalentes, em razão de suas competências, das funções ou atividades que lhes sejam atribuídas pelos respectivos atos constitutivos.

 Desenvolve-se ampla gama de serviços, que se iniciam com entrevista com assistente-social da entidade, seguida de visita domiciliar. Os casos são analisados, com a participação do núcleo dirigente, passando, se aprovados, para o atendimento específico.

Nesse período a entidade cresceu, expandiu e aprofundou seu trabalho, transformando-se na sólida e eficiente comunidade de atendimento de hoje.

O falecimento de seu fundador, em 10 de fevereiro de 2010, deixa um espaço difícil de preencher, mas que certamente será superado pelos diretores e amigos da entidade, estimulados pelo idealismo que ele deixou. Esse foi o tom da palestra do dia de homenagem a José Rodrigues, realizada em nossa sede, com a presença de Arthur Chioro dos Reis.

Característica da atuação da ARS é a aproximação direta com as famílias, mantendo avaliações periódicas sobre resultados.

Os serviços vão desde acompanhamento psicológico de casos, por profissional voluntário, até a oferta de cursos de informática, atividades socioeducativas, alfabetização de adultos, pintura em tecido, crochê, tricô e outros, aulas sobre temática atual, atualização de documentos, curso preparatório para ETEC,  bem como, o serviço de proteção básica no domicílio a pessoas com deficência e idosas, entre outras, todos de forma gratuita.